terça-feira, 18 de março de 2014

VITAMINA D E EFEITO DESPIGMENTADOR

Nossa, sempre é uma alegria comemorar vitórias. Dos outros e nossas.

Trago aqui informações preciosas que aconteceram comigo.

Em janeiro de 2013, insatisfeita com as manchas escuras em minha pele das pernas, busquei um angiologista.

Após ouvir meus relatos e observar clinicamente minhas pernas, ele deu sua explicação:

As manchas eram consequência do excesso de corticoide. Pequenos vasos estouravam derramando embaixo da pele.

E para minha tristeza, disse que não havia o que fazer. 

Paciência, diante de uma doença grave como a AR, ter manchas nas pernas é o de menos.

Mas, naquele mesmo mês comecei o tratamento com a vitamina D.

Resolvi, por curiosidade, tirar foto das pernas manchadas para avaliar se haveria alguma mudança.

Afinal, se ela servia para vitiligo, pigmentando novamente as áreas afetadas, por que não poderia fazer efeito inverso?

Em outubro, com o calor chegando, comecei a mudar o tipo de roupa e foi quando percebi que as pernas estavam mais "limpas" com as manchas mais claras.

E agora, exatamente um ano depois, em janeiro de 2014, fiz novas fotos.

E a comparação está aí embaixo. 

Meu slogan continua firme:  VIVA A VITAMINA D !!!!!




Um comentário:

  1. Muito bom saber.....e qual foi a quantidade consumida no tratamento?

    ResponderExcluir